quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

DIA DE NATALl!!!

Hoje e DIA DE NATAL, dia da festa do MENINO DEUS,
Dia de PAZ, dia de celebrar o AMOR,
De estender a mão, ao amigos, e aos inimigos tambem,
Dia de fazer o milagre da partilha, não só da partilha do pão, mas da ALEGRIA, do AMOR, e da PAZ.
Hoje é DIA DE NATAL
Mas todos os dias deverim ser dia de NATAL
Porque Jesus nasce todos os dias em nossos corações
e guia as nossas vidas,
todos os dias, JESUS, bate a nossa porta,
todos os dias JESUS NOS VISITA,
Hoje, e DIA DE NATAL...
Mas eu queria que tivesse um sentido muito alem do que CRISTO nascendo na manjedora
Eu queria ver a ESPERANÇA desabrochando em todas as varandas
ver o sorriso nos lábios de uma criança sofredora
E que cada homem pudesse receber JESUS sem desconfiaças
De peito aberto...
Por isso que nesse dia, eu te peço
ABRA SEU CORAÇÃO, e deixe o Senhor CONDUZIR TEU CAMINHO,
Fazer de ti teu servo, filho e amigo
Servi ao teu irmao, atraves de ti....
Hoje e Dia de Natal

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Amor marcado em mim

Amor marcado em mim
Eu naõ aprendi a dizer não a esse amor
Eu não sei fazer de conta que não sinto,
Eu não aprendi a viver na tua ausencia
tendo minha solidão como companheira...
eu não aprendi a disfarçar todo sentimento
Eu não sei mais representar...
Sinto falta do teu amor,
Que um dia foi meu, SO MEU, AMOR MEU...
Sinto falta da tua alegria,
Que me elevava, quando a tristeza queria se fazer presente
Sinto falta do teu sorriso que iluminava meus dias nublados
DA tua voz macia do teu aroma almiscarado
sinto falta de ti,
que me fez feliz, a quem eu amava,
e que se foi...
Hoje sinto saudades, de um amor que foi,
Mas que ainda vive em meu coração.
Mell e Alma Cabloca-02 de Dezembro de 2010

Mundo Nosso


Mundo só nosso!
Quero inventar um mundo diferente
Feito só pra gente
Num estado permanente de flutuação e leveza...
Um mundo novo, que seja capaz de transformar,
Nossas vidas, e fazer de nós, uma so ALMA, um só CORAÇAO, UMA SÓ VIDA...
Quero inventar um mundo diferente
Feito só pra gente
Num estado de silêncio e suavidade....
de PAZ, e profundidade,
capaz de transformar DOR, na sublime SAUDADE...
Na saudade mais gostosa de sentir
Que acaba no simples fato de lhe ouvir ...
Que faz com que sejamos capaz de estar EM PAZ,
mesmo na ausencia que a distancia nos traz...
 
Mell e Alma Cabloca)
29 de Novembro de 2010

sábado, 27 de novembro de 2010

Coração amando ,sempre


Coração amando, sempre
Meu coração depois de tantas pancadas
ainda bate tão forte dentro do peito
Eu que pensei que tivesse perdido um pedaço dele,
pra esse amor que não é inteiro...
Por um momento eu fiz de ti meu norte,
busquei em teu aconchego um recanto,
e em teu encanto um abraço...
Em cada abraço um acalanto
Para exteriorizar meu sonho
un sonho de amor vivido em forma de idilio,
que pudesse fazer de mim, teu, e tu minha,
Não tendo apenas como forma de poesia
Mas completamente amalgamados
por todo o sempre....

O INDECIFRAVEL SOM DE MIL VOZES


O indecifrável som de mil vozes
Nem mesmo elas poderiam abafar as batidas do meu coração
Que chamam teu nome
Que clamam por socorro...
 
Vou te amar do meu jeito, no meu silêncio, sem pressa,
Só com minha presença, para que tu saibas que estou
Sempre perto de ti, como em um ato de amor maior...
 
Como a chuva que vem pra regar seus dias
Como sol que vem aquecer teu corpo
Como vento que vem secar teu pranto
Por que ninguém te ama como te amo...
 
Porque te amo, com um amor profundo,
capaz de fazer do meu amor por ti,
uma razão de viver,
que nem mesmo, o indecifravel som de mil vozes,
podem-me fazer esquecer.
Que nem mesmo o som de mil vozes,podem -me fazer calar
 
(Mell e Alma Cabocla)
27 de Novembro de 2010

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Flor Esperança


As flores...
As flores que nasceram em nosso quintal
Não vieram apenas colorir nem perfumar
Vieram renovar a vida, trazer esperança,
e nos encher de PAZ...
Uma PAZ com aroma da flor de laranjeira
Que nunca antes senti igual...
Uma PAZ, como o canto suave do Rouxinol,
do Uirapuru, do Sabiá...
E até a garça triste que vagava pela beira do rio
imponente começou a dançar...
As flores que nasceram em nosso quintal
Renovaram a esperança de VIVER,
nos trouxeram a alegria do renascer,
de nos fortalecer
E uma nova oportunidade
para de cabeça erguida enfrentar
Mesmo com todas as inseguranças
a ideia de um novo RECOMEÇO...
As flores que hoje nasceram,
me trouxeram aqui,
Para trazer no recomeço
A INFINITA IDEIA DE SIMPLESMENTE AMAR...
(Mell e Alma Cabocla)--26 de novembro de 2010

Horizontes



Eu vejo de longe o horizonte
Nessa praia deserta
Atrás das gretas da janela
Ou na beira de um abismo numa tarde de primavera
Numa manhã de Outono
Ou numa noite de verão
E eu vou desenhando em meus devaneios com a reta que se deita no horizonte
Vou traçando traços retilíneos
Formando uma estrada que me remete pra longe
Onde não haja mais essa solidão
Onde não haja mais esse vazio
eu não queria mais sentir nada
Eu nem deveria ter ter deixado tomar conta desse meu coração

Amor na Contra mão


O AMOR VEIO PELA CONTRAMÃO
ME PEGANDO DE SURPRESA
COMO JAMAIS PUDESSE ESPERAR,
CHEGOU DE MANSINHO, E DE SILÊNCIO,
ME FEZ EM TI PENSAR...
PENSAR NO TEMPO EM QUE VIVEMOS FELIZES,
NO TEMPO EM QUE O AMOR,
NOS FEZ JUNTO CAMINHAR....
NOS LEVANDO A LUGARES IMPENETRÁVEIS
ASSIM COMO A ALMA DOS AMANTES
E DIFÍCEIS DE TRILHAR
NOS FEZ SONHAR SONHOS IMPOSSÍVEIS,
NOS FEZ VER, COMO SOMOS PEQUENOS,
QUANDO NOSSOS ATOS SÃO PEQUENOS...
NOS PERMITIR VIVER UM AMOR,
QUE TRANCEDE O TEMPO,
QUE NOS EDIFICA,
NOS FAZ FELIZ...
UM DIA O AMOR VEIO PELA CONTRAMÃO, AO NOSSO ENCONTRO...

sábado, 20 de novembro de 2010

Partida

Você apenas saiu por aquela porta
Sem ao menos olhar atrás
E eu fiquei aqui quase morta
Sem chão ,sem prumo sem paz
Deixaste tão simplesmente perdida pelo caminho
A beira de um abismo sem onde me segurar
Numa ponte semcordas
numa escada sem corrimão
Entre 4 paredes sem colonas pra apoiar
Deixaste um espaço tão vazio
onde os ecos da alma flutuam sem reclamar
e o grito do meu peito se espande tão intensamente
que não há quem possa serenamente calar
 
Você apenas saiu por aquela porta
E eu fiquei tentando muda-la de lugar
Depois de tanto tempo não importa
O caminho sei que podes encontrar
Basta seguira voz do teu coração
Se é que restou alguma coisa pra escutar

Regresso

Aindo sinto o aroma de terra molhada
De noite enluaradas
Das manhãs ensolaradas, das tardes de neblina
Nos dois passeando pelas calçadas de mãos dadas
Almas entrelaçadas vida misturada
Lá nas ruas de Londrina em vielas estilizadas
Com a mente louca e almas apaixonadas
Ainda ouço tua voz macia terna
os quero-quero piando na minha janela
E espio com as gretas entre abertas
Humm e o perfume da primavera
 
Ainda vejo teu olhar infinito
Teu sorriso de menino sem improviso
Discreto ainda tão delicadamente indeciso
Numa acorde de Cine Paradiso
Os girassois dançando nesse ritmo
Desde março..... olha como
e les cresceram tanto e estão tão bonitos
 
E eu ainda espero,sim sem medo
Sem receio sem pestanejar
Lendo aintigos poemas de carpinejar
A musica que Tom dedilhor pra luiza homenajear
Esperando que em algum lugar você tambem ainda
Sinta, ouça e veja que já esta na hora de volta

Amar


Não são mais meus pés, que caminham
E sim todo meu sentimento
Que só me remete a AMAR
Ame sempre,deixe a razão de lado descansar!

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Felicidade

Não a encontrarei numa curva num simples atalho encoberto
No final de alguma rua
Numa manhã de outono ou inverno
Eu sei que posso buscar e até pensar te-la encontrado
Nas cerejeiras a florir em toda luminosidade
Mas só a encontrarei dentro de mim essa tal Felicidade.

PS:
Originária da Ásia, na cultura japonesa (chamada de Sakura no ki (・・・フ・リ)), sendo o significado de Sakura flor de cerejeira, a cerejeira era associada ao samurai cuja vida era tão efêmera quanto a da flor que se desprendia da árvore.

sábado, 6 de novembro de 2010

Olhar que busca

Meu olhar perdido no horizonte a te buscar.
Transpondo montanhas o que for,em busca mais uma vez do teu amor!

Meu olhar tão sofrido ,mas que ainda não perdeu a esperança de um dia te reencontrar.
Eu não me canso de buscar porque esse amor é tão profundo
Tão meu tão nosso e eu acredito...ser tão verdadeiro e bonito.

apenas uma Rosa



Apenas uma rosa
Como cumplice de uma noite de amor
Deixaada como companhia
que não alivia a dor

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Será?

Será que ainda me resta um certa loucura
que ainda tenha sobrado qualquer contentamento?
SErá que as flores sairam dos postal e o aroma disperso no ar e esse que sinto vez por outra?
Será que ainda funciona aquele velho farol a procura de horizonte,a procura de você nesse breu?

Distância

Não sei se a distância ainda me apavora
Ou se ela apenas ameniza a sensassão de não poder ser tua a a qualquer hora.
Não sei se ela mesma é minha amiga ou vilã
ou minha mente ainda anda tão confusa .
Sei apenas que quando menos esperar ela irá acabar
E seremos nós a qulquer hora

terça-feira, 26 de outubro de 2010

obstinado amor que vive em minha alma,em meu ser tão puro e tão forte
já não me basto...
quero você incondicionalmente
Não suporto mais tanta saudade
Essa ausência a tua essência que fica apenas no ar
Esse tempo que não passa
Esse não saber se vai voltar....

Choro

Choro porque não sei traduzir o idioma do seu olhar,a flexibilidade dos teus pensamentos os anélitos da alma e principalmente o sentido do teu amor

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

Prisão

Foi preso na noite desta segunda-feira o serventuário da Justiça André Marins, pai de Joanna Marcenal Marins, 5. Mais cedo, ele e a mulher, Vanessa Maia, tinham sido denunciados pelo Ministério Público sob acusação de tortura e de homicídio qualificado. A Justiça, porém, determinou apenas a prisão preventiva de André.


http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/820134-pai-da-menina-joanna-e-preso-apos-decisao-da-justica-no-rio.shtml

VAzante


O amor e suas varieantes...vazantes
Correntezas ,tão distante agora de mim!
Abalando estruturas,sacodindo coração!
Quero novamente meus abalos sísmicos
sacudir coração deixa-lo mais atrevido(...)

domingo, 24 de outubro de 2010

Marjorie Estiano - Tatuagem (Clipe Official)

MANUAL DA MULHER BEM RESOLVIDA!

MANUAL DA MULHER BEM RESOLVIDA!
1) Se ele se interessou, ele liga !!!! É isso mesmo, quando o cara quer, não tem projeto importante, morte da tia ou trânsito maluco que o impeça de te convidar pra sair.

2) Passou uma semana sem ouvir notícias dele ? Esquece, parte para outra! Ligar para saber se tá tudo bem, nem pensar! Homem que tá perdido merece ser encontrado morto no apartamento, e pelo zelador do prédio, porque os vizinhos não aguentam mais o fedor de carniça...

3) Vocês saíram e ele não ligou mais. Foi porque você deu? Ou foi porque você não deu? Na verdade, pouco importa. Se o que ele estava a fim era de sexo, e rolou, ótimo! Sexo é que nem pizza bom-até-quando-é-ruim, e tal. Mas se você não deu, ele provavelmente não te procurou mais porque achou que ia dar muito trabalho. Ou seja, pare de se atormentar porque transou ou não!!!
Duas lições: 1 - dar uma de difícil depois de uma certa idade já era !!!
2 - RIDÍCULO é fazer tipinho!!! E além do mais, vc vai se arrepender de ter dado e de não ter dado....

4) HOMENS COMPROMETIDOS - diga não!!! A relação dele tá em crise, péssima, só falta oficializar o fim??? Ótimo! Se ele quiser continuar infeliz, dane-se! Senão, ele termina de uma vez e depois te procura, combinado?

5) Ouviu aquela clássica: "Vc é boa demais pra mim..." Acredite, amiga! É mesmo!!!" Descarte o cidadão e pare de bancar a Madre Tereza de Calcutá!

6) NÃO TENTE... Não dá pra namorar um cara pelo qual você não tem um mínimo de admiração.

7)TRAIÇÃO - Não continue com um cara que te chifrou se você não aguentar a onda de ser traída de novo. E olho vivo se ele já foi infiel com outras. A gente sempre acha que com a gente vai ser diferente... ESQUEÇA!!! Nunca é!

E NÃO esqueça... A "FILA ANDA"!!!

"Pior do que nunca achar o homem certo, é viver pra sempre com o homem errado"
Autoria desconhecida
Bjs...

Por que os Homens somem sem explicações?

Diante da dúvida resolvi fazer uma enquete pra saber os reais motivos do sumiço dos homens


De repente, o cara aparece com alguma desculpa esfarrapada ou simplesmente evapora sem dar notícias. Afinal, o que acontece? As repórteres de CLAUDIA foram apurar e ouviram 50 homens em São Paulo e no Rio de Janeiro para chegar à seleção aqui publicada. Os motivos alegados pelos moços são variadíssimos. É instrutivo conhecer suas queixas a respeito de nós(!) e a visão que têm do próprio comportamento. E é um alívio descobrir que, em algumas situações, é melhor que sumam mesmo
Claudia Ramos, Isabel Malzoni e Déborah de Paula Souza
***************************************************************************** 
PAra a Psicóloga
olga Ines Tessari, muitas das vezes um homem "some do mapa"para não ter que dar explicações
Mudanças ,ausências e desculpas de que não pode lhe encontrar são grandes sinasis de que ele está prestes a desaparecer."é importante não confundir esse comportamento com o de um homem ocupado por conta do trabalho"
 
Amigaterapia
********************************************************************************* 
.. Os homens somem porque valorizam a vida de solteiro deles, somem porque se cansam de menina que demonstra interesse, somem porque além de nós estão engatilhando outras saídas e casinhos e amigas de amigos, somem porque não abrem mão do barzinho e do futebol com os amigos, somem porque valorizam a família, porque estão saindo com os amigos do trabalho, estão indo viajar, estão planejando a próxima festa no sul, ou o próximo churrasco... enfim, os homens somem da nossa vida justamente nos momentos em estão vivendo intensamente a vida deles, ou seja, enquanto estamos investindo um pouco neles, e até deixando meio q de lado uma saída com a amiga para vê-los... é o momento em que eles estão fazendo vários planos e se divertindo pra caramba... ou seja, homens somem quando nós deixamos nossa vida parecer menos importante que estar com eles... homens somem para nós, mas é porque estão bem "vivos" com os amigos, outras paqueras, e todos os eventos do momento... no final, nós é que sumimos da vida deles por faltar espaço!

 *********************************************************************************
 
 
 
 
Porque os homens não terminam um relacionamento?
Simplesmente somem....
Covardia simples e pura. Muitos homens morrem de medo da reação que a mulher pode vir a ter com o término da relação, e assim preferem tomar chá de sumiço. Quer dizer, o problema não é o sofrimento da parceira (que assim deve sofrer bem mais), mas sim encarar o sofrimento infligido. Felizmente, homens maduros não agem dessa maneira.Garota
********************************************************************************* 
Porque continuam criancas.
O homem amadurece emocionalmente muito mais tarde que as mulheres e muitos nunca chegam ate essa etapa.
Isso e uma atitude infantil. Eles sao capazes de sair aos socos na rua mas, nao conseguem ficar cara a cara com a namorada pra dizer que acadou o sentimento ou sei-la-o-que........
Vai entender!!!
hilda us
********************************************************************************* 
Porque é mais cômodo para o homem sumir. Porque se afinal de contas o "passeio" que ele foi dar não der certo ele pode voltar e dizer: "Mas não terminei com você". É mais fácil... Homem é um bicho nojento mesmo... Eu admiro vocês mulheres que admitem que não querem mais nada e com a cara e a coragem terminam o namoro!!Mauro jr
 ****************************************************************************
não podemos dizer isso de "todos" eles, há exceções, eles aos poucos estão mudando.
na verdade nos mulheres damos explicação, pq temos um grande lado sentimental, fomos "educadas" para sermos sensíveis..., por isso sempre pensamos como eles vão se sentir com o termino e buscamos amenizar ao máximo essa situação. Mas o fato de eles estarem "mudando", pra mim pelo menos representa uma coisa negativa, na verdade essa mudança representa uma maior "carência", e busca por "aceitação nesse atual mundo sentimental sem limites e com pouco ética!
ham...sei la acho q é isso...rs
Raio de sol
http://amigaterapia.spaces.live.com/blog/cns!A0234609C73A4CE4!127.trak


oi amiga, eu já sei a respostas, uma: as mulheres dão mole pra eles e ai eles pintam e bordam, tem muita mulhere carente por ai.. não se valoriza q ceita qualquer merda. a segunda: homens imaturos(Não quis ser revelada)
******************************************************************
Ana maria: olha, acho que é porque eles não sobrevivem a uma mulher inteligente
Viuva de itaperuna
***************************************************

menina e so pra pasar o tempo nao tem nada de bom quando nao e casado e desempregado
vuva 50
***************************************************

N são os homens q somem sem expliações, são as mulheres q se iludem pelas palavras doces deles e acreditam q no dia segunte eles vão ligar .
O único problema do homem é q ele mente bem, se o homem fala a verdade agente transa c eles do mesmo jeito rs ai n nos magoamos

Mulher Dominadora
********************************************************
E ELES ALGUM DIA SOUBERAM EXPLICAR ALGUMA COISA?
Mulher-63

******************************************************

pq são uns bobalhões .......
******************************************************************************

sábado, 23 de outubro de 2010

Mistério


Esse enigma me fascina
CAda momento que passa sou surpreendida
Tuas atitudes são tão seguras
Mas ainda não sei o que quer
Você é tão diferente,tão silente
Tua atitude flameja em mim
Meu universo era tão pequeno
Agora com você é tão intenso
Me deixa desvendar teus mistérios

Viagem



vou viajar em mim
Pra saber o que sepasssa comigo
Porque sinto desconfiada?
Sempre em perigo
De um querer tão antigo
Que se move em mim
Porque me entrego tanto assim?
Numa estrada que nunca tem fim
Vou viajar em mim
pra saber porque não consigo me calar
Nesse meu jeito de querer abraçar num sentir de um coração pulsar
O que me faz insistir?
Mesmo sentindo partir
Porque não posso fugir?
Eu vou viajar pro centro do meu ser
Pra ver se entendo o que não consigo entender
Pra ver se o tempo me ensinar eu quero aprender

Portas





Porque as portas se fecharam em silêncio
Melhor que batessem com o venro ou com a partida
E assim não se abrissem mais
E continuassem fechadas em meu destino
Pra me sentir em paz

sexta-feira, 22 de outubro de 2010


Como água que escorre pelas mãos
Na vazane tempestiva da paixão
Como areia que desliza
No giro da ampuleta
lentamente se acaba ferindo a alma
Era assim que eu me via antes de te encontrar
Como água ,como areia mas agora tenho você
Sou rocha .

Vale de La Luna


   Vem ela la de longe
   Acendendo as ilusões
         Luzindo atrás dos montes
                Emoldurando minhas emoções

                          Dentro do peito tudo agora é calmaria
     E também tufão................

                             Longe tu também estavas da minha visão
                    Agora tão perto como ela flutuando

                 Luz...Luzir novamente nascendo
                     Um querer que ja não era sem tempo
                     Nesse entardecer quase anoitecendo..
   Aconteceu o amor...............

Luz de esperança

Na luz cor de outono
se foi a esperança
De um querer
E nos finos raios
De sol que ainda teimam em entrar
esses iluminam meu coração e meu entendimento
Se foi a esperança
Mas o mundo lá fora não me deixa desistir

Água e areia

Como água que escorre pelas mãos
Na vazane tempestiva da paixão
Como areia que desliza
No giro da ampuleta
lentamente se acaba ferindo a alma
Era assim que eu me via antes de te encontrar
Como água ,como areia mas agora tenho você
Sou rocha .

Sandy - Clipe Pés Cansados - Oficial (HD)

Com semblante cansado
Correndo contra as horas
Contando as voltas dos ponteiros
Minha vida se enche de esperança,de cor
pra colorir esse amor ja quase desbotado de tanto esperar
Talvez eu não tenha forças pra pular as sementeiras
PRa correr até ele.
Tlavez ele também fique parado.
Felicidade tão grande que paraliza

As luzes da cidade já se acenderam e amanhã iram descansar
Mas a luz que você me oferece
Essa nunca irá apagar

Uma luz no fim do tunél

Uma luz no fim do tunel
Inapagavél...incanssavel
Pra brindar esse amor que está nascendo ao poucos
Assustador sim esse querer
Então vamos juntos por esse caminho
Sem esquecer de todo esse  carinho
Que sempre desejamos receber e ofertar
Um a luz que quando lá chegarmos
Nunca mais se apagará

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

JOANNA MARCENAL

J ovem menina...flor ainda desabrochando
O seu caminho foi interrompido tão prematuramente
A ssim dessa forma covarde...cruelmente
N ão sabias tu,nada da vida ,desse mundo e de suas atrocidades
N essa tua inocência havia apenas felicidade de menina...criança
A njo de luz deixando saudade ,amor e esperança

M enina Joanna que corria atrás dos colibrís
A gora salta de nuven em nuven atrás dos anjos
R Enascendo a cada dia nas lembranças e em um sorriso ao ver o sol brilhar
C olheremos força na luta por justiça
E sperança de melhores dias
N ascendo como uma nova vida
A gora estampado na alma de quem te ama
L utaremos daqui e tu junto a Deus,por justiça, já que a saudade será eterna

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

Rio Tranquilo

Escrevi esse pensamento que foi tão bem editado por minha amiga Regina Coeli...obrigada Amiga!!!!!!!!!!

CAso Joanna

Aqui vai meu protesto

domingo, 10 de outubro de 2010

MArgarida

Uma margarida no centro de um livro antigo
Marcando pagina de uma história,perfumando a traje´toria infinda de uma vertente ilusória
Apenas uma margarida solitária
Deitada ali no centro de cada página virada
Assim tão frondoza que no jardim vivia
e hoje marca desidratada
Mais cheia de poesia

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Inspiração

Raramente me sinto povoada
Prefiro a solidão e o silêncio da minha inpiração
A quietude da noite ou a hora que senti-la brotar derramando-se como orvalho
e na manhã brindar com os pássaros em sinfonia
 Nos primeiros raios de sol e festejar a esperança com uma nova poesia

Esperança

Espero que um dia você me leia
Que perceba com clareza toda substância aderida em minha poesia
Nesse meu ato de amor de despojamento sem rancor
dos meus segredos que já não são mais,
do conteudo dos teus medos
dos meus vendavais.

Espero como quem espera uma carta que não chega
ou por não ter sido escrito e muito menos enviada
um trem que não passa mais nesses trilhos
,dormitam nas estações enferrujadas,antigas

Eu espero,espero apenas uma resposta
como quem anceia pela chuva para plantar
e o sol para florir e ve-lô novamente sorrir de contentamento
quando sentir-se na minha poesia totalmente aderido
e ter vontade de chegar com o vento.

Passado e presente

Talvez passe muito tempo até lhe reencontrar
e nesse exato instante tudo estará completamente mudado
Mas vou esperar,tenho que me deperar e enfrentar o presente

Viagem em mim

Eu preciso falar comigo mesmo antes de falar com o mundo
Me aventurar nesse mergulho dentro dos meus oceanos
tirar as teias dos meus sonhos;puros e profanos
Abrir as portas dos meus porões
Tirar a poeira da mesa da minha provável sanidade
Preciso escutar cada batida do meu coração
que mesmo ferido continua inteiro e impulsivo
Tenho que ouvir os ecos das minhas salas vazias
a sinfonia que brota da alma
Preciso observar melhor os meus passsos,saber onde piso,quais os caminhos tenho traçado
e os esconderijos enfadados dos meus medos
Vou vontar os tropeços,desviar dos buracos
submergir de tntos outros dar atenção aos meus questionamentos
Assimilar com coerência sem desespero meus fracassos
Pra conviver melhor e me preparar para ganhos
eu preciso conviver comigo mesma
Antes de conviver com o mundo

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Roseira

Tenho uma roseira
Lá no fundo do meu quintal
Que ela conversa comigo
Não sei se é loucura
Ou a roseira que é o diferencial
Mas é nesse momento minha única amiga
A que entende o que sinto
Essa dor infinda
Esse amor proibido
 
Fico horas ao lado dela
Contando da minha dor
E ela responde do modo dela
Fazendo nascer outra nova flor
Em cada botão traz o perfume
inundando momentos tão difíceis
Na qual a solidão ilude
são momentos inesquecíveis
Eu tenho uma roseira que conversa comigo

Noite ll

Deixa entrar por completo essa noite...crepúsculo
Nas horas languidas e silenciosa
Onde ouço o canto das corujas e o balançar dos juncos
E a chuva batendo à minha porta
Bálsamo é a noite que ameniza
Meus devaneios e proibidos pensamentos
Serenando nos campos e nas boninas
Alívio á dor e a todo sofrimento
- Deus ! Criaste tantas coisas...é criador
Coisas diferentes ,pessoas diferente...gente
O sol eu sei também criaste e é tão belo não nego
Porem a noite é fremente

Dança do Girassol

Eu vi o girassol sorrindo
Depois de plantado no jardim
Eu o vi, brincando feito um menino com as sempre vivas
E dando vivas aos amores
E ele dançava um tango com as margaridas
Nesse meu jardim repleto de flores

Como entender o AMOR?

Como entender esse amor,
esse amor profundo
simples,
complexo,
sem nexo e tão discutível?
Mesmo que seja completamente traduzível
Em todos os idiomas
Como fazer alguém compreender o incompreendido
Decifrar seus códigos, sejam talhados ou escrito?
Na mescla das cores
Na alquimia da pele
Estando longe ou perto
Abertamente exposto secreto
Mas intensamente sentido
 
Como explicar tamanho sentimento
Profundo inacessível
Assimilar tal conhecimento?
Então eu digo:
Desse amor não sei nada apenas vivo

Noite

Não deixe morrer a noite de vez
Nem vir o sol eterno
Quero essa luminosidade escondida refletida em meu jardim de inverno
Numa mesa de estrelas ou nuvem em cima apenas um lampião acesso talvez
Na noite encontro conforto , durante o dia tenho receio e me recolho
Num ato quase que "vampiresco" sem sangue sem dor

Teu Olhar




Teu olhar é o mesmo
Sempre a procura de calmaria
Cheio de dúvidas
E desprezo por mim
Trazendo a noite e o dia
Essa dor que não tem fim
O tempo passa sim
E esse teu olhar permanece no meu
Sempre a procura
Do que não se perdeu
Porque na verdade nunca encontrou

Anoitecer

Deixa anoitecer
Que a lua chegue mais bonita
E que sua luminosidade possa clarear nossos olhares
Refletindo na superfície da existência
Toda profundidade de um sentimento único.

Deixe-me

Deixe-me molhar na chuva
O Outono vencer, varrendo a minha folhagem pra bem longe
Deixe-me apenas ser primavera ou como uma açucena tombando, no simples toque do orvalho
Uma madrugada longa ,plena e serena
Deixe-me mergulhar nas águas de um oceano fecundo ,cheio de vida de encantos
Me aquecer numa manhã ensolarada. quando o sol iluminar as copas das árvores de dourado
e o ipê roxo ficar mais iluminado
E quando o inverno chegar, que eu encontre nele conforto ou aqui ou em qualquer outro lugar!
Deixe-me

Estação

Levarei em meus olhos
Estando abertos ou fechados
Aquele trem partindo
Cortando os trilhos enferrujados
Rumo ao infinito
Numa tarde de inverno acinzentado
Contando os dormentes
Que vão crescendo
A medida que os vagões vão passando
Levarei em meu pensamento
Aquele trem de aço
Passando por planícies ,campos e abismos
Ele vai partindo, partindo corações
Me deixando nessa estação
Preparando os tons azulados
E o colorido de uma nova Primavera
Levarei na lembrança
Esse trem desaparecendo lá longe diante de mim
Deixando a saudade e essa dor sem fim
A solidão recente e já tão doída
Nessa interminável ferrovia.

Onde?

Onde estás?
Em que tempo em que mundo?
Me digas logo me revele esse segredo
Me conte preciso vê-lo
Nem que seja pela ultima vez, num ultimo sopro de vida
Onde esta você ?
não posso mais viver sem saída

Escolhas

Todas as minhas escolhas foram bem pensadas
Menos essa agora de saber que estou apaixonada
Todos os meus passos ,caminhos e atalhos foram bem traçados
Todas as minhas decisões simples ou complexas foram bem avaliadas
Menos a de decidir se ia ou se ficava
Derepente o amor aconteceu
dentre todas as escolhas uma incógnita
em todas as decisões uma surpresa
todos os caminhos uma novidade
O amor não é uma escolha , e´ um acontecimento

Chuva

A CHUVA
A chuva chegou na rua
Nos lugares quase esquecidos
Nos becos mal iluminados
No ferro das grades retorcidas
A chuva chegou lavando o asfalto quebrado
A calçada desnivelada
O meio fio antigo
Os bueiros soltos
A chuva limpou a solidão noturna
A alma afetuosa e não correspondida
O rosto sofrido
Enfim ,a chuva apagou tudo e eu plantei flores no jardim.

Rascunhos

Valorizo muito mais meus rascunhos
Porque neles encontro o caminho que tenho que atravessar
Até chegar na arte final. Êxodo e Êxtase
E esse caminho, é mágico, edificante as vezes mais que a poesia em si

terça-feira, 24 de agosto de 2010

LIGAÇÃO



Meus desejos dançam no rítimo dessa ponte


Nesse caminho que divide nosso mundo e acaba nos unindo

nesse silêncio profundo tão fundo quanto a profundidade desse rio

Não sei se essa ponte começa do lado de cá

Ou é aqui que ela termina

Não sei se começa do lado de lá ou se finda

Meus desejos dançam nessa ponte

E com você faz um dueto

Você na tua extremidade

Até quando a melodia tocar em segredo

QUANDO ENCONTRAREI CONTIGO?



VAmor, amor


Quando encontrarei contigo?

Longe de tudo ,longe de ti,

Tudo é metade e não existo

O Outono colocou as copas das árvores vermelhas como fogo

Espalhando folhas cinzas pelo chão

A primavera chegou tímida, as flores nasceram

mas não tão altivas



Amor, amor

Quando encontrei contigo?

Aqui me perco em pensamento

Tudo é tão desigual

A chuva vem sempre depois de alguns momentos de sol

Meus ombros estão cansados de carregar a dúvida do teu retorno

Meu coração por ti implora

E quando vejo já é Outono de novo

Meus olhos marejados procuram conforto



Amor, amor

Quando encontrarei contigo?

Meus versos não consigo mais terminar,

todos tem o mesmo sentido

Ou sentido algum

A noite silencia meu caminho

A lua perdeu o sorriso amigo

Amor amor...



INSPIRAÇÃO


Eu tenho um segredo que me persegue, de não conseguir mais escrever


E minha poesia esmorecer e minha inspiração

me abandonar.

Isso vira até pesadelo

E quando acordo continuo com esse medo de poesias ao mundo não mais ofertar

FELICIDADE



Sim eu sou feliz


Não preciso ir para Passargada

Nem ser amiga do rei

Nem mesmo tão pouco me matar

Sinto o amor me sinto amada

E não desisto de mais amar

Prece!



Tenho meu céu de oração


Que me socorre quando minha alma padece

Agonizada por ti

E ele abastece quando a Deus elevo uma prece e assim meus olhos procuram descanso

Mesmo sabendo que não sei do meu pensamento então elevo uma prece por ti

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

Retiro

Granja Comary


Aqui apenas o lugar


Onde sinto mais a poesia

Onde sinto mais completa

Mais profunda em mim



Aqui nesse lugar

Onde a vida foi feita e planejada

Onde a lua é tão bem guardada

E o sol mergulha sobre o jardim



Aqui onde a neblina nos visita quase todas as manhãs de inverno

Onde vejo o céu de perto

Meu retiro pessoal



Aqui onde escuto bem mais nitida a melodia da vida

O acalanto dos anjos

E o canto dos pássaros pousando na janela



Aqui onde o crepúsculo da noite da lugar as estrelas ou ao luar

E com as luzes dos vagalumes podem se misturar



Aqui onde me acho e me encontro mais segura

Pois não escuto o barulho da rua é assim posso sonhar

Poesia Íntima



Em todos os meus poemas


Há um pedaço de mim

Em cada

Frase escrita

Uma vivência ou observância

Há uma busca uma busca de verdades e respostas

Em cada Outono um soneto novo aparece

Em cada linha de poesia o aroma da primavera

que chega sorrindo cantando cheio de rosas

E no Verão a forma ardente ou amena de compor

Uma extensa prosa

Mas sem esquecer esteja longe ou perto de falar do Amor no silêncio

Como uma manhã de inverno

Seja Bem Vindo!


Venha não tenha medo nem receio


Eu também estou te esperando faz tempo

E essa nossa insegurança e desconfiança, apenas nos faz nos afastar cada vez mais

Venha que estou vivendo de saudade

Já que morrer não faz parte desse amor que temos pra viver

Tão real pra mim e tão vivo ainda em você