segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Há uma voz!

Há uma voz dentro de mim

Ora amiga ora acusadora

Já pedi mil vezes pra ela parar

Mas tb ela é desafiadora

Há uma voz dentro de mim

Que não me deixa esquecer

Que não me deixa falar

Que me deixa maluca

Mas que também as vezes me escuta

Quando ninguém pode me escutar

Um comentário:

Gilvan disse...

É o que me restou, ficar relendo seus poemas, lembrando de suas palavras ditas ao telefone, de suas postagens no ORKUT e dos seus recados. Ainda bem que tive tempo de copiar suas fotos para o meu Album e assim posso vê-la ao menos em fotografia, principalmente a última do nosso almoço.
Continuo te seguindo!!!