segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Estações

Broto e exalo meu aroma em cada primavera


Brilho aquecendo as sensações no verão

Refrigero minha alma no inverno

Me despedaço inteira no Outono... recomeço

Um comentário:

gilvangallo disse...

Adorei este poema, por isso o copiei.
Parabéns minha Poetiza! Este Poema retrata bem o que estou sentindo neste período da minha Vida.
Obrigado por tudo que escreves!